Maternidade

Ser Mãe – O Sonho

Sim, este tema trata-se do sonho mais grandioso que realizei nesta jornada de quase 37 anos de idade. Desde a tenra infância eu desejei, planejei, todas as escolhas que fiz pessoais, profissionais, acadêmicas e sociais passaram pela perspectiva da materialização deste sonho, Ser Mãe.

Esta ideia fixa foi motivada pela absoluta certeza, que pulsava em meu interior de que, o ser humano só é capaz de desenvolver plenamente algumas virtudes, através desta experiência.

Viver a maternidade foi um divisor de águas na minha vida, e imagino que todas as pessoas que se permitem ingressar nesta aventura sintam o mesmo. Este assunto permeia todas conversas, planos para futuro, polêmicas acerca: da escolha da forma de educar, alimentar, orientar e tantas outras, não é mesmo?

Pois bem, eu sou do clube das que nasceram para ser mãe, desde cedo me vi neste papel e desejei, profundamente, viver esta experiência. E confesso, que também sou do clube das que romatizavam a Maternidade, ou seja, desconhecia as dificuldades e desafios que esta jornada apresenta.

Neste contexo, durante o isolamento causado pela pandemia iniciada no ano de 2020 no mundo, nos deparamos com uma série de conquências no comportamento humano que, sem dúvidas, quando olhamos para o universo das mães – em geral – identificamos um mar de oportunidades (já bastante conhecidas, porém pouco praticadas): o acolhimento, respeito, empatia, cooperação e entendimento.

Recentemente, conheci uma palavra que acomoda todas estas atitudes, chama-se Sororidade. Trata-se de uma aliança formada entre as mulheres baseada na empatia, irmandade e companheirismo. Esta palavra não existe na língua portuguesa oficialmente, sua origem vem do latim sóror cujo significado é irmãs.

Pois bem, eu poderia escrever um livro sobre a minha experiência, modesta, destes quase 6 anos no papel de mãe, mas neste momento o meu objetivo é dar voz as mulheres que desejam compartilhar suas histórias, aspirações, aflições, não importanto o momento em que estão!

A ideia é exercitar a sororidade de forma virtual (por enquanto) e com isto, tornar mais leves e iluminada a vida das pessoas, pois juntos vamos mais longe!

Muito Obrigada e até logo, Luciana Zantute

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s